Apresentação

Gerar, disseminar e debater informações, sob enfoque de Saúde Pública é o objetivo principal deste Blog, o qual é produzido no LabConsS da FF/UFRJ, com participação de alunos da disciplina “Química Bromatológica” e com apoio e monitoramento técnico dos bolsistas do Grupo PET-Programa de Educação Tutorial da SESu/MEC.

Recomenda-se que as postagens sejam lidas junto com os comentários a elas anexados pois, de um lado, são produzidas por estudantes em circunstâncias de treinamento e capacitação para atuação em Assuntos Regulatórios e, de outro lado, são temas que envolvem poderosas influências de marketing, com alegações nem sempre cientificamente comprovadas. Esses equívocos, imprecisões e desvios ficam evidenciados nos comentários em anexo.

Além dos trabalhos dos alunos de Química Bromatológica e das pesquisas dos bolsistas do Grupo PET, o Blog também apresenta reportagens e notícias selecionadas, a legislação pertinente bem como artigos técnicos e informações diversas sobre o tema.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Gordura sem gordura... É Maggico!


Segundo a RDC nº 360, de 23 de dezembro de 2003,
porção é a quantidade média do alimento que deveria ser consumida por pessoas sadias, maiores de 36 meses, em cada ocasião de consumo, com a finalidade de promover uma alimentação saudável.
Como não há especificação do que seria exatamente essa ocasião de consumo, algumas vezes, os produtos trazem porções irrisórias em seus rótulos para tentar mascarar os valores da tabela de informação nutricional.

Isso é uma conseqüência do item 3.4.3.2., que diz
A informação nutricional será expressa como “zero” ou “0” ou “não contém” para valor energético e ou nutrientes quando o alimento contiver quantidades menores ou iguais as estabelecidas como “não significativas” de acordo com a seguinte tabela:

Assim, reduzindo a porção para apenas uma colher e meia de sopa, a gordura desaparace.

É Maggico!

3 comentários:

Felipe Trombete disse...

Que absurdo isso de 1 colher e meia e porção! Nem modelos comem isso! Ridículo!

Vanessa Montenegro disse...

A propaganda em questão é um absurdo.
É enganosa.
É muito improvável que o consumidor do produto em questão consuma ao invés de uma porção inteira de aproximadamente 60g, uma colher e meia de sopa do mesmo.
Infelizmente a nossa “rigorosa” legislação de rotulagem de alimentos não se preocupa com a capacidade da maior parte da população brasileira de olhar, com um olhar crítico, as informações contidas nos rótulos de aliemtos industrializados. Desse modo, as autoridades sanitárias deveriam elaborar mecanismos para evitar esse tipo de propaganda e/ou alterar a legislação vigente de modo a impedir esse tipo de "manipulação".

Darlana Godoi disse...

1 colher e meia prepara uma porção de 250 ml...que é o equivalente a uma tigela de caldo.